sexta-feira, 19 de julho de 2024
Pesquisar

Família de Djidja pretendia abrir comunidade de drogados

comunidade de drogados
comunidade de drogados

A família da ex-sinhazinha Djidja pretendia abrir uma comunidade de drogados, em uma espécie de Vila, onde iriam morar e fazer o uso indiscriminado da Ketamina. Eles haviam até mesmo comprado um terreno na Zona Norte de Manaus. A informação foi divulgada pela Polícia Civil, em coletiva, nesta quinta-feira (20).

Segundo o delegado Cícero Túlio, Cleusimar Cardoso e Ademar Cardoso, mãe e irmão de Djidja Cardoso contavam com o auxílio dos funcionários Claudiele Santos e Marlison Vasconcelos. Eles eram conscientes e tinham discernimento das práticas criminosas. Cleusimar e Ademar lideravam a seita “Pai, Mãe, Vida” e também induziam os funcionários de uma grande rede de salões de beleza ao uso da droga.

Deixe o seu Comentário

Família de Djidja pretendia abrir comunidade de drogados

plugins premium WordPress