domingo, 21 de julho de 2024
Pesquisar

Nova Carteira de Identidade Nacional vai incorporar 12 documentos essenciais

documentos essenciais
documentos essenciais

Os Dados De Identificação Vão Ser Protegidos Por Criptografia

Todos que fizerem a nova Carteira de Identidade Nacional (CIN) poderão agregar dados de 12 documentos essenciais, como certidão de nascimento e o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Informações como nome, data de nascimento e o Cadastro de Pessoa Física (CPF) serão registradas em uma rede blockchain, tecnologia usada em criptomoedas.

O Blockchain é um banco de dados compartilhado entre diferentes computadores, que não permite a alteração das informações da pessoa que possui o documento. Na CIN, apenas pessoas autorizadas terão acesso aos dados protegidos por criptografia.  

Cerca de 8,1 milhões de brasileiros já fizeram a nova Carteira de Identidade Nacional

A emissão da nova identidade está em andamento em 24 Estados. Cerca de 8,1 milhões de brasileiros já fizeram a nova carteira. 

O prazo para trocar o RG pela CIN vai até 28 de fevereiro de 2032. A utilização da blockchain na CIN rendeu à carteira o prêmio High Security Printing de melhor identidade da América Latina. 

O sistema de blockchain utilizado foi lançada pelo Serpro em 2021, para o cadastro compartilhado da Receita Federal.

O decreto sobre o serviço de identificação do cidadão, publicado em novembro do ano passado, determina que os órgãos só terão acesso aos dados mínimos necessários para cumprir suas finalidades. 


Descubra mais sobre Manaustime

Subscribe to get the latest posts sent to your email.

Deixe o seu Comentário

Nova Carteira de Identidade Nacional vai incorporar 12 documentos essenciais

plugins premium WordPress