domingo, 21 de julho de 2024
Pesquisar

Onda de violência no Ceará deixa 12 mortos e 9 feridos em 48h;Veja

Reprodução/TV Ibiapaba

Uma onda de violência no Ceará, iniciada na madrugada da quinta-feira (20/6), já matou 12 pessoas e deixou nove feridos, entre elas crianças. Diante da gravidade da situação, o governador do Estado, Elmano de Freitas (PT), cogita pedir ajuda ao governo federal para controlar a situação.

A onda de violência começou no centro de Viçosa do Ceará, a cerca de 360 km de Fortaleza, na madrugada da quinta, quando oito pessoas foram executadas. A Polícia Militar informou que ocupantes de carros e motocicletas desceram, renderam as vítimas e depois atiraram. Elas estavam em um bar próximo ao ponto em que foram atingidas, durante uma comemoração na Praça Matriz.

Ao todo, nove pessoas foram atingidas na ocorrência. Sete delas morreram no local. As outras duas foram socorridas e levadas ao Hospital Municipal de Viçosa, e depois transferidas para o Hospital e Maternidade Madalena Nunes, na cidade de Tianguá.

A oitava pessoa que foi atingida faleceu neste sábado. Trata-se de Adrian Mateus Brito dos Santos, de 23 anos. Ele estava internado em estado grave no hospital de Tianguá. O rapaz havia perdido parte do baço e teve o intestino perfurado. Uma cirurgia foi realizada e ele aguardava vaga em UTI, o que não ocorreu a tempo.

As vítimas eram adultos e adolescentes, entre eles homens com idades de 18 a 26 anos e mulheres de 16 a 25 anos. Um vídeo de câmeras de segurança registrou o momento em que as vítimas são colocadas junto a uma cerca, de costas para a rua em pé. Depois disto, elas foram executadas.

Violência em Fortaleza

A onda de violência chegou na capital Fortaleza. Um ataque no Bairro Barroso, na sexta-feira (21/6), deixou oito crianças e adolescentes com idades de 8 a 16 anos feridos. Além disto, uma criança de 10 anos e uma mulher de 48 morreram.

Conforme a polícia, os bandidos chegaram ao local em dois veículos e começaram a atirar em direção à arquibancada de um campo de futebol.

Ainda na sexta, um entregador de 23 anos e um cliente foram mortos em um ataque a tiros no bairro Mondubim. O relato de testemunhas é que o alvo seria o motoboy, mas que, na correria, o homem de 30 anos também acabou atingido. Ele morreu no hospital.

Apoio

O governador do Ceará, Elmano de Freitas. divulgou neste sábado (22/6), por meio do X (antigo Twitter), que um adulto foi preso e um adolescente apreendido suspeito do crime no bairro Barroso, em Fortaleza. Outra pessoa foi presa nas apurações sobre o caso em Viçosa do Ceará.

“Se necessário, não hesitarei em solicitar reforço de apoio federal nessa missão. Inclusive, liguei há pouco para o ministro da Justiça (e Segurança Pública), Ricardo Lewandowski, relatando a situação”, adiantou.

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, Roberto Sá, afirmou que as apurações iniciais apontam para o envolvimento de algumas das vítimas com o tráfico de drogas. Ainda não se sabe se a questão seria disputa entre facções rivais ou dissidências.

“Quero dizer para a população local que a nossa estrutura de segurança e nossas forças de segurança não vão descansar enquanto não identificarem e prenderem esses autores. É importante que eles saibam que, querem ganhar a vida no crime, mas aqui vão ganhar as grades. Vão ser apresentados à Justiça para responder pelos crimes que estão praticando”, prometeu o secretário.


Descubra mais sobre Manaustime

Subscribe to get the latest posts sent to your email.

Deixe o seu Comentário

Onda de violência no Ceará deixa 12 mortos e 9 feridos em 48h;Veja

plugins premium WordPress