sexta-feira, 19 de julho de 2024
Pesquisar

Jornalista e outras duas amigas morrem em acidente na BR-153

Foto reprodução

Brasil – A jornalista Leilane Lustosa Macedo de Oliveira, ex-apresentadora da TV Anhanguera do Tocantins e que integrava os quadros da secretaria de Comunicação de Gurupi, foi uma das três vítimas do acidente de trânsito na BR-153, em São Luiz do Norte (GO), ocorrido na sexta-feira (09) por volta de 18h30. A colisão envolveu dois carros de passeio e um caminhão.

O automóvel em que estava Leilane ficou completamente destruído. Ela e duas amigas saíram de Gurupi, sul do Tocantins, com destino a Abadia de Goiás, município vizinho a Goiânia, onde participaram de um encontro de motoclube feminino. Umas das vítimas chegou a ser socorrida para o Hospital de São Luiz do Norte, mas não resistiu aos ferimentos. Os corpos estão no Instituto de Medicina Legal (IML) de Uruaçu, aguardando liberação dos familiares.

As outras vítimas foram a fisioterapeuta Hosana Santos Andrade, servidora lotada na Secretaria da Saúde de Gurupi, e a escritora Luana Carvalho, também moradora da cidade.

O condutor do caminhão e outras quatro pessoas que estavam no segundo carro envolvido no acidente, não se feriram e foram assistidos pelos médicos da administradora da rodovia no local.

Veja vídeo:

Nota de Pesar

Em nota, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Tocantins (Sindjor) lamenta a morte da profissional que tinha mais de 15 ano de atuação no jornalismo do Estado.

“É com grande tristeza que o Sindicato de Jornalistas Profissionais do Tocantins recebe a notícia do falecimento ex-apresentadora da TV Anhanguera Tocantins,

Leilane Lustosa Macedo de Oliveira. Leilane era graduada em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade de Gurupi (Unirg). Ela dedicou mais de 15 anos ao jornalismo, tendo inclusive estagiado na TV Anhanguera, em Gurupi, no ano de 2005, durante sua graduação. Além disso, atuou como repórter do Jornal do Tocantins e de outros meios de comunicação.

Neste momento de dor e saudade, expressamos nossos mais sinceros sentimentos aos familiares, amigos e admiradores de Leilane, especialmente ao seu filho Arthur e seu esposo Tiago. Sua partida é sentida profundamente por todos que tiveram o privilégio de conhecê-la e acompanhar seu trabalho.

A Prefeitura de Gurupi também emitiu nota de pesar lamentando a morte das gurupienses:

Gurupi está em luto pela morte da jornalista Leilane Macedo Oliveira, da secretaria de Comunicação, da fisioterapeuta Hosana Santos Andrade, da Secretaria de Saúde, e também pela morte da escritora Luana Carvalho.

Com informações do JornalOpção.

Deixe o seu Comentário

Jornalista e outras duas amigas morrem em acidente na BR-153

plugins premium WordPress