domingo, 21 de julho de 2024
Pesquisar

Delegado-geral reitera que Débora Menezes não tem registro de participação em operações policiais

Débora Menezes
Foto reprodução

O delegado-geral da Polícia Civil do Amazonas, Bruno de Paula Fraga, segundo ofício assinado no dia 31 de maio, informou ao Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM) de que não existe registro que ateste a participação da deputada estadual Débora Menezes (PL) e outros parlamentares em operações policiais conduzidas pelo órgão.

De acordo com o ofício, as operações executadas pela Polícia Civil são sigilosas e realizadas exclusivamente por policiais devido a natureza perigosa do trabalho, destacou o Fato Amazônico.

Em extenso ofício encaminhado ao MPAM, o delegado ressaltou que, de maneira irresponsável, foi divulgado em sites, blogs e redes sociais, que a deputada esteve envolvida em uma operação no município de Tapauá, que culminou na prisão de um homem por suposto crime de estupro de vulnerável contra um recém-nascido de 5 dias.

O crime, segundo o documento, teria ocorrido no dia 10 de maio de 2024. “A deputada não teve participação na ação”, assegurou.

Conforme informou, no dia 09 de março, no Careiro da Várzea, Débora Menezes teria conseguido, como parte de sua ação parlamentar, abrigo para uma criança vítima de abuso sexual, por parte do pai, avô e tio. “A ação da deputada não tem nenhuma ligação com a atividade fim da Polícia Civil”, comentou.

No final de maio, o MPAM instaurou inquérito civil para apurar se Débora Menezes estaria participando de ações da Polícia Civil para fins políticos.

O inquérito foi assinado pelo promotor de Justiça Armando Gurgel Maia e publicado no dia 24 de maio no Diário Oficial Eletrônico do MPAM.

A ação tem como objetivo investigar o uso indevido do sistema de segurança pública para promoção política de membros dos poderes Executivo e Legislativo do estado.

A investigação teve início após envolverem nome da parlamentar com o da delegada Joyce Coelho, ex-titular da Delegacia Especializada na Proteção a Crianças e Adolescentes (DEPCA).


Descubra mais sobre Manaustime

Subscribe to get the latest posts sent to your email.

Deixe o seu Comentário

Delegado-geral reitera que Débora Menezes não tem registro de participação em operações policiais

plugins premium WordPress